quinta-feira, 17 de julho de 2008

HINO NACIONAL

O nosso hino nacional é um símbolo da pátria. Tanto que todo mês na minha escola, desce uma turma para o pátio, onde a bandeira está hasteada para cantar o hino. As outras turmas ficam em suas respectivas salas, somente o ouvindo, ou seja os outros estudantes cantando. O que eu acho bizarro é que na minha sala, os alunos têm que ficar virado para a parede, porque nós imaginamos que a bandeira está naquela direção. Não é uma situação muito agradável, mas já acostumamos. No dia, que a minha sala desceu para finalmente cantar o hino, a bandeira estava de cabeça para baixo. Desisto de patriotismo! Nada está propício, ora! Se já não bastasse essas situações, grande parte do hino eu nem sei o que significa. Por isso que somente 37% dos brasileiros sabem cantá-lo. Não sei o que é pior, saber cantar e não saber o que significa, ou simplesmente não saber nada a respeito do hino. Por exemplo: "Ouviram do Ipiranga as margens plácidas". Traduzindo: "Ouviram do Ipiranga as margens calmas". "Do que a terra mais garrida", enganou-se quem pensou que garrida, vem de gari, que é limpa; significa florida. Por aí vai mais uma enxurrada de palavras desconhecidas...
Ahh, só mais uma dica para quem for cantar o hino, nunca bata palmas no seu término, salvo nos momentos que tenha algum músico ao vivo, pois você aplaudirá o músico, não o hino. Eu sei que o nosso hino é o mais bonito, ele também sabe que é, portanto ele não precisa de palmas.
Caso alguém em repúdio não cante o hino nacional ou fazer algo patriota, lembre-se que o país não tem culpa dos filhos que têm.

36 comentários:

Carlos Nascimento Jr e Rafaela Gizzi disse...

Muito bom seu texto! Mostra bem a rebeldia adolescente que tanto tive a cerca do Hino Nacional, de não saber cantá-lo, de ele ser de difícil entendimento e de ter de cantá-lo todas as quartas-feiras no colégio onde estudava.
PARABÉNS


carlos

~Camila~ disse...

MAS MENINAAA AMEI O SEU TEXTO
hahaha
e sobre bater palmas eu já sabia
aprendi no colégio tambeém e uma vez a diretora explicou o HINO TODINHO até uns 3 anos atrás eu sabia o significado de grande parte mas hoje eu quase não sei hahaha

Aii eu sei que vão melhorar
VAI SAIR!? VAI ONDE FLOR!??!

beijos

Cristal - a louca. disse...

Olá! Lembra daquele consurso da tv que dava dinheiro para quem conseguisse cantar o hino todo corretamente e ninguém, absolutamente ninguém conseguia? Até que o prêmio ficou grandão e nem sei se alguém ganhou ou desistiram mesmo... (sei lá, eu não acompanho nada kkk) Obrigado pelo link, também gostei daqui, assim que eu mexer ´lá no bloguete de novo te linko.

Beijundas ^^

Carlos Nascimento Jr e Rafaela Gizzi disse...

se da pra ser jornalista e advogada???
COM CERTEZA!
aqui em Campo Grande - MS, onde eu e minha parceira de blog moramos, têm muitos jornalista-advogados. Até uma menina que está de formando com a gente tem OAB já. Kamila, tudo é possível quando a gente luta pra dar certo!
ACREDITE

Carlos

Carlos Nascimento Jr e Rafaela Gizzi disse...

corrigindo: kamiLLa..
sei o quanto vc odeia quando esquecem um L..

hehehehe

Aline disse...

Como minha mãe diz, o hino nacional brasileiro é um dos mais bonitos. Mas o que adianta se só a classe que tem um bom estudo e bons professores pra ensinar, e o resto não sabe nem da metade o que significa? Eu tive há uns anos atrás um estudo e compreensão da letra inteira, e não é fácil. Muiiiito cheio de figuras de linguagem. Beijos com carinho =*

''[G]ü[R]ÿ disse...

nosss... eu ri qndo vc falou q a bandeira tava de ponta cabeça.. q situaçãoooo!!! .. mas achei mto forte a ultima frase: "lembre-se que o país não tem culpa dos filhos que têm".. é mto forte, MESMO!!!

enfim, viu, esa de patriotismo, eu até gsoto.. embora cantar o hino seja um saco pois ele é enoooorrme!!.. mas eu sei cantar o hino sim senhora!!
E, vejamos, quando vc escreveu: "Ouviram do Ipiranga as margens plácidas". Traduzindo: "Ouviram do Ipiranga as margens calmas" - aqui, vc só traduziu a palavra desconhecida por um sinônimo, ok, eu entendi. Porém, pra melhor compreensão, uma professora de portugues minha disse, o quase no hino inteiro, há uma incompreensão, pois o sujeito e o predicado das frases estão todos embaralhados, ou seja, já na primeira linha, a frase seria: "As margens calmas ouviram do Ipiranga" .. e não seria uma frase de sujeito indeterminado..

Ok ok.. estou sendo mto nerd e chato.. mas quis comentar iso aki.. é a única coisa que sei, de complementar o seu post!

bem, acho q mais outra vez eu exagerei no comentário.. enooooorrme!!!...

bom, por hoje é isto.. adoro suas opiniões aki no seu blog!!.. mto legal..
bjs.. (visite meu ourto blog: "meninosvsmeninas.blogspot.com" se puder, ok??.. bj)

alohaaaaaaa

Teresa disse...

e o mais engraçado é que 99% das pessoas não entendem o hino nacional, pq ele está INTEIRINHO na ordem indireta. se vc tentar escrevê-lo na ordem direta, vai ser q ele é muito mais lindo do q vc pensa q ele é.
tipo, vou escrever a primeira estrofe na ordem direta pra vc ver: "Um brado retumbante de um povo heróico, ouviram às margens plácidas do Ipiranga. E, nesse instante, o sol da liberdade brilhou no céu da pátria, em raios fúlgidos."
e por aí vai. escreve ele todo q vc vai ver...

Mara Dallenna disse...

Bom, eu sei cantar o hino todinho,soh q pra falar a verdade nem sei como aprendi!!
Mas é uma grande verdade que o brasileiro não eh lah mto preocupado com o Hino, apesar de belo!

Gostei daki tbm!!
Vou te linkar tbm!

;)

Layra disse...

oi Kamilla! Tudo bom?
Então menina, pior que é verdade, 9 anos se drogando! é mole? quando eu ouvi fiquei bege, azul, rosa tudo que é cor que imaginar!
Sobre o post, aqui no meu colégio a gente nem canta o hino, a não ser em alguma comemoração ou apresentação do colegio. Em um antigo colégio militar que eu estudava, as pessoas tinham um grande respeito pelo hino. Tambem se não tivesse, a diretora daria um jeito de ter! todos morriam de medo dela... Más o que eu acho tambem é que o povo não se importa com hino, e assim como voce disse ele é o mais bonito MESMO. não é porque é minha pátria, más eu vejo em jogos, os hinos dos outros países e vejo o tanto que é lindo o do Brasil.
Adorei o post, como sempre!
você escreve muito bem! (;
beijos!

Paty Selune disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paty Selune disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paty Selune disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paty Selune disse...

Pq não pode bater palmas? só pq não tem ninguém pra receber as palmas? rsrsrsrs palmas para nós que cantamos o hino certinho sem errar :D

Deborah disse...

belo post. na minha escola, cantava-se o hino toda sexta e, pela repetição, tornou-se absolutamente banal. as pessoas dançavam ao som do hino e tal. patético ¬¬

disse...

Acho que nem sempre o hino faz o País. E não acho que patriotismo seja cantar o hino. Talvez se as pessoas tentassem melhorar o local em que vivem e respeitar os outros, só isso já seria muito mais patriotismo do que saber cantar o hino.

Bjo

Biiaah Barboosa disse...

o mundo não tem culpa mesmoo !
o governo que teem !
acho que podemos ser amigos !

;* s2


mysilencex3.blogspot.com

Lay disse...

Ainda não tenho uma posição definitiva sobre essa questão. Por um lado, o hino nacional tem um vocabulário difícil. Por outro, é necessário que todo cidadão saiba cantar e interpretá-lo.

O Pequeno Diabo disse...

num tenho mt duvida cm as palavras do hino naum...

sei lah

qt a essa historia d cantar o hino td semana... eh um saco

mas tem q fazer por um tempo neh?
xx

Candy disse...

Eu sei cantar, o canto e quando tenho dúvidas em relação a algumas palavras, nao me custa nada ir ao dicionário.
Falar que não canta o hino pq o BR anda uma m. e blá, blá, blá pra mim é desculpa de quem nao quer aprender, sei lá. Quer mudar o BR, comece fazendo alguma coisa, ora bolas.
Meio loucura da minha cabeça? Talvez.

*pois é, menina... vai pra micareta, quem sabe vc nao sai de braço dado com o homem da sua vida?
uahuahahuahauha

bom fds!!!
;****

Rafaela Abreu disse...

Sinto a mesma coisa em relaçaõ ao hino. Onde estudo também cantamos o hino virados pra parede... rsrs


Abraço

Nadezhda disse...

Quando estava no fundamental eu tinha que cantar também. Toda segunda. E eu odiava aquilo. Porque ninguém estava ali por vontade própria. Cgea a ser até feio.

Já falaram sobre não bater palmas, mas eu nunca entendi o porquê.

;)

Mônica disse...

Eu gosto muito do Hino Nacional Brasileiro. Concordo com você que a letra é complicada e quando penso em todas as pessoas que nem ao menos o conhecem, acho que não tem nem como. É muito longe da nossa realidade.
;*

Amanda Oliveira disse...

Palmas, palmas, palmas!
Finalmente alguém inteligente que também sabe que garrida não tem nada a ver com gari!
O mundo não está perdido! Temos a Kamilla!

Concordo também sobre a máquina de camisinhas. Essa gente não tem mais o que inventar.

Um beeeijo e desculpa pelo sumiço!

Lyra disse...

Cantar o hino nacional/patriotismo, pra mim soa mais ou menos como a maioria dos jovens brasileiros se interessarem por política, ou votar. É falho, estranho, atípico.
Fora que hino nacional só é orgulho em época de copa! epa hey, oiá! o sol há de matar, enquanto a bandeira sorri com suas estrelinhas.
Beijao!

KAKA disse...

ah Ka, vc acha mesmo que o País não tem culpa dos filhos que tem? se são os filhos que permitem que o País seja como é? sei não viu... achei ingênua essa afirmação! anda tudo muito tenso, nossa permissividade produz o que somos e os filhos que criamos, mal criados... ai ai política é meio assim... nojenta... necessária e questinável! e quanto ao hino... nem sei o que dizer...rs e tenho dito, beijos com carinho da KK.

Natália disse...

É, eu não sei cantar ele todo, e tb não entendo certas partes. E odiava ter que cantar ele na escola. Eu era quase obrigada a isso. Nem era uma adolescente rebelde, mas não me conformava em viver num mundo com "democracia" e ser esculachada pela professora se caso não cantasse ou botasse a mão no peito.

Não sou patriota. Amo minha cidade, mas não consigo amar absurdo meu país. Mas eu concordo que ele não tem culpa dos filhos que tem.

Talvez eu conte... um dia. disse...

Gentee, que horrrooor! Muia falta de organizaçao da sua escola fazer um negocio desses com a bandeira! E mais nada av ainda, cada turma ficar na sua sala... acontece que ninguém entra no espírito da coisa.

Aqui, quando eu estudava né, haaahha, nao era sempre, na verdade tinham datas especificas que TODA a escola ficava no pátio, e cantava, antes do inicio das aulas...
Pra ser sincera todo mundo adoraava, porque perdiamos p 1º tempo de aula. hahhahahahhahaha

beeeijos

Wagner disse...

Kamilla, é a primeira vez que passo aki e adorei teu blog. Vc escreve super bem. Parabéns. Concordo plenamente que o problema é o nativo e não o espaço físico. Abraços!

Amanda Bia disse...

eu sei cantar o hino inteiro. até a segunda parte dele. mas nunca parei p/ pensar no que significava todas as palavras! e eu acho o cúmulo quando batem palma depois de cantar o hino! dá vontade de socar! deviam ensinar isso para todo o mundo! país mais bagunçado esse nosso!
beijos!

Lay disse...

Oi ká! shauhsuahus Adorei o texto hasuhsuahs muito engraçado.
E que "azar" da sua sala hein? ter que ficar "cheirando parede" uma vez por mês...
E eu já não batia palmas mesmo, então... Beijos linda!

Cámila disse...

Tem presentinho no meu blog pra voce!

Thiago Augusto" disse...

Obrigatoriamente a bandeira deve ser hasteada uma vez por semana em todas as instituições públicas. :D
E áh, acho que aquela matéria que existia a anos atras: educação cívica, deveria voltar para as escolas.

Gostei do teu blog. ^^

Bruno disse...

No jornal em que trabalho, na edição passada, saiu uma matéria falando sobre a parte que não é cantada do hino nacional.
Existe uma parte dele, que não conhecemos. Esta parte, nada mais é uma estrofe que fala sobre corrupção...

HAIUHAiUAhiUAHiA

TU sabia disto? Procura no wikipedia, se não me engano lá tem...

=*

Daniela. disse...

Olha, eu acho que após a rephorma ortographica, seria bom fazer uma versão "traduzida" do hino, ou então ele vir impresso nos livros didáticos e cadernos com um pequeno (ou nem tão pequeno assim) glossário. Eu acho o hino bonito, mas só porque as palavras soam bem, porque o significado, pfff... A minha escola era pública, mas a gente só cantava o hno no primeiro dia de aula e na semana da pátria (na época da Revolução Farroupilha a gente cantava o hino rio-grandense, que também é tããão lindo... *.*).
* * *
Veja pelo lado bom, que a igreja fechou e virou um centro de reciclagem. Na minha cidade natal aconteceu o contrário: o CINEMA fechou e abriu uma Igreja Universal no lugar. Bem pior, hum?

Bill Falcão disse...

Hehehe!!! Cantar virada pra parede, a bandeira de cabeça pra baixo hahahahaha!!!! Tem que ser MUITOOO patriota mesmo, Kamilla!!
E um bjooooooooo!!!!!!!!